Translate

quinta-feira, 31 de março de 2016

Diário de Costura: aventuras de uma iniciante

Olá meninas,

Recebi ontem no final da manhã minha máquina de costura, ela foi presente de aniversário de meus pais, estava em cólicas pela chegada dela. Buscando máquinas na internet com minha mãe encontramos a Steam Max SM530 com 08 pontos de costura, com valor muitoooo em conta pela Ricardo Eletro, mesmo adicionando o valor de transporte. Antes de decidir comprar pela internet fiz a pesquisa local, mas os preços de máquinas em Itabuna está bem salgado. Ela chegou duas semanas após o pedido e antes do prazo estipulado no site (o que foi ótimo =D). Quando criança minha mãe quis me ensinar a costurar, mas só gostava do crochê e achava que não tinha talento para a costura, mas nos últimos anos cresceu em mim o desejo de aprender essa arte tanto para confeccionar minhas próprias roupas, quanto para fazer forros para roupas de crochê. Não vou deixar de compartilhar paps de crochê e gráficos, mas quero compartilhar também as aventuras do novo aprendizado.

Essa é a máquina, é pequena , leve e muito bonita, mas o principal para mim é fácil de usar. Chegou com a linha na agulha e um pedacinho de pano com o teste dos pontos, o que foi ótimo para mim que não bati cabeça para aprender a colocar a linha. Claro que terei que aprender logo, mas foi bom já ir começando a brincar com ela rsrsrs. Minha única reclamação no momento é que não veio o DVD explicativo da máquina, mas o YouTube está aí pra salvar nossas vidas e antes de começar a usá-la assisti por lá um vídeo explicativo da máquina.
 
 
Ela vem com essas peças anexas.

Como ainda não tenho uma mesa própria para ela, coloquei na estante de computador mesmo para já começar a utilizar. Ela vem com pedal, mas pode ser usada sem pedal também e tanto funciona na energia como com pilhas o que é ótimo caso queira leva-la para viagem.


 Como eu nunca tinha costurado na máquina, resolvi começar costurando no papel mesmo para treinar a costura reta antes de partir para o tecido. Fiz linhas verticais com a ajuda de uma régua e fui para máquina treinar (fica a dica para outras iniciantes).


 Depois de algum treino peguei um tecido que tinha em casa, recortei, marquei com o lápis o local da costura e alfinetei para fazer uma capa de almofada para minha cadeira do ateliê. Costurei devagar, fiz acabamentos para não desfiar (não tenho overlok ), virei e enchi.


Fiz uns pomponzinhos e coloquei na parte superior, aproveitei Pretinha que tinha se apossado da cadeira para servir de modelo rsrs....essa foi minha primeira peça, nada impressionante eu sei, mas para quem nunca tinha tocado na máquina de costura foi emocionante demais ver que deu certo e que posso aprender a costurar. Estou muito empolgada para comprar tecidos e começar a fazer outras peças, a medida que for fazendo vou compartilhando aqui os resultados e dificuldades encontrados.

Até mais!